Início > Internacional > Apenas trinta empresas controlam um terço do tráfego mundial da internet

Apenas trinta empresas controlam um terço do tráfego mundial da internet


O foco das empresas agora é a produção de conteúdo em vez do provimento de conexão.

Mudanças na infraestrutura da internet e na economia, ocorridas nos últimos dois anos, estão causando uma maior concentração no tráfego de dados na Web. É o que afirma o estudo feito pela Arbor Networks e a Universidade de Michigan. Trinta empresas, chamadas por eles de “hipergigantes”, são responsáveis por um terço de todo o transporte de informações na grande rede.

Segundo o The Inquirer, o relatório 2009 Internet Observatory Report, que será apresentado nos EUA no próximo dia 19, na conferência North American Network Operators’ Group (tiny.cc/FqArE), é o resultado de uma pesquisa de dois anos que analisou 256 exabytes (1 exabyte equivale a cerca de 1 bilhão de gigabytes) de dados da Web que trafegaram por 110 operadores de Internet a cabo, redes regionais e provedores de conteúdo do planeta.

De acordo com o trabalho, a situação era bem diferente há cinco anos, quando o tráfego de internet era mais bem distribuído mundialmente, com dezenas de milhares de empresas gerenciando websites e servidores. Hoje, há somente um punhado de enormes provedores de conteúdo, acesso e hospedagem.

Craig Labovitz, cientista-chefe do grupo que fez a pesquisa, disse que, em 2007, metade do tráfego de internet era gerado por entre 5 e 10 mil companhias. Desde então, entretanto, ocorreu uma maior agregação de conteúdo e, agora, apenas 150 empresas, lideradas por gigantes como Google, Yahoo e Facebook, são responsáveis pela mesma quantidade de informações transmitidas.

Grande parte desse fenômeno pode ser atribuído às mudanças econômicas, que levaram ao colapso muitos dos serviços de provedoria, acesso e comunicação em massa de dados. Da mesma forma, observou-se uma ascensão dos modelos de negócio baseados em publicidade (dentro de websites). Labovitz explica a mudança:

“A internet era [o paradigma da] conectividade, uma malha de redes conectadas entre si. Ela era muito hierárquica, com o tráfego, e o dinheiro, indo diretamente para os provedores de acesso. Mas, agora, o conteúdo é mais valioso do que a conectividade.”

Outro efeito dessa mudança econômica é que, assim como a consolidação de conteúdo, grandes provedores, como o Google, estão estabelecendo relações diretas com os consumidores, passando por cima dos tradicionais fornecedores.

“Em seus primeiros 12 anos, a internet foi principalmente dar conexão a empresas e residências. Essa era a tecnologia e essa era a estória. Agora, a conectividade é onipresente e os preços estão caindo, e a inovação não está na conexão, mas no conteúdo – aproximando –a dos consumidores e dos negócios”, afirmou Labovitz.

O relatório destacou também a diminuição da quantidade de aplicações e protocolos de comunicação para a internet. Anteriormente, havia protocolos específicos para cada serviço, e a cada vez que se inventasse uma nova forma de transferir um arquivo ou enviar um streaming de áudio, por exemplo, um novo protocolo era criado. Hoje as coisas estão mais padronizadas, e os desenvolvedores preferem empregar um protocolo “famoso” do que criar o seu próprio, garantindo assim interoperabilidade.

As plataformas de desenvolvimento também estão em menor número. Se antes havia tantas plataformas quanto desenvolvedores, hoje a maioria já migrou para um pequeno número delas, sendo uma dos mais notáveis o Flash.

Labovitz vê com bons olhos as mudanças. “À medida que o conteúdo está ficando melhor e mais rápido, vai mudar a face da internet, o que é estimulante para as empresas e consumidores. Estamos entrando na segunda era da internet”, diz o pesquisador.

Referencia Luciana Alves geek

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: