Início > Aplicativos, Linux > E se todos nós usássemos Linux em vez do Windows?

E se todos nós usássemos Linux em vez do Windows?


Sempre que chega o fim do ano penso como seria o universo tecnológico se os softwares open source fossem mais populares que os proprietários.

Há uma tirinha que circulou pela comunidade Linux uns tempos atrás sobre a qual eu frequentemente penso ao final de um ano. Nela, um até então aficionado pelo sistema se recusa a instalá-lo no computador de um amigo por um motivo torpe: “Se todo mundo o usar, eu deixo de ser cool”.

É uma piada, claro, mas ainda mais engraçada por ser um tanto verossímil em se tratando da soberba humana. Sempre penso nela nessa época devido ao fato de que a maioria dos defensores do open source esperam que um dia o Linux seja usado por grande parte dos usuários. Essa esperança, aliás, se renova a cada ano.

Há aquele que discordam e dizem que esse dia jamaischegará. De qualquer forma, é curioso pensar como seria o mundo se o Linux se popularizasse. É justamente isso que imaginei para escrever a matéria e esses cinco itens.

Malware e Vírus
Certamente, o maio efeito da popularização do Linux seria o desaparecimento da monocultura de plataformas, dominada pelo Windows. Em vez disso, teríamos diversas distribuições sendo adotadas por uma quantidade razoável de usuários, o que dificultaria a vida dos criadores de malwares e vírus. Eles não poderiam mais concentrar seus esforços em único um único alvo – o Windows – pois teriam vários modelos a atingir. Tarefa difícil: é como acertar dezenas de pássaros com uma pedra só.

A indústria de segurança digital
Sim, é uma boa ideia usar antivírus mesmo ao usar o Linux, a fim de melhorar sua segurança. E se ele se tornasse o sistema mais adotado no mundo, essa proteção se tornaria ainda mais recomendável.

Mas, considerando as vantagens que um software open source tem nesse quesito, a indústria de segurança digital deixaria de ter tamanha proporção. Por ser de código aberto, o Linux permite a seus inúmeros usuários identificar e corrigir, de forma providencial, possíveis falhas. A espera pelo “Patch Tuesday” ou por atualizações críticas seriam algo distante e esquisito.

Imprevistos
Devido a seus problemas de segurança, ou mesmo lentidão em certas tarefas, o Windows costuma ser visto, digamos, como um sistema temperamental.

O Linux, por sua vez, tem como principal virtude a estabilidade. Empresas e usuários finais deixariam de perder minutos preciosos e perceberiam um valioso acréscimo na produtividade. Milhões de pessoas trabalhando mais e melhor do que antes; não seria de se impressionar se mesmo o PIB de todo um país crescesse.

Economia
Quando as empresas e os usuários pararem de pagar valores exorbitantes por licenças de softwares, eles se conscientizarão do montante economizado, que poderá ser gasto com outras coisas.

Imagine o que poderia ser adquirido com centenas de dólares que seriam poupados de cada computador adquirido.  Sem contar que tais máquinas teriam uma vida útil maior, já que não teriam que ser trocadas devido às ambiciosas exigências de hardware que o Windows faz a cada nova versão.

Melhor software
Finalmente, se todos usassem Linux, o software ficaria cada vez melhor, já que, quanto mais pessoas servindo-se dele como sistema operacional principal, mais contribuições e sugestões para aprimorá-lo.

É o oposto de companhias como Microsoft e Apple, que tentam adivinhar o que os usuários querem e às vezes acertam, mas muitas outras vezes, não. Não seria mais proveitoso se os próprios clientes pedissem novos recursos e, quem sabe, até ajudassem a desenvolvê-los?

Antes de terminar, quero deixar claro que não considero o Linux perfeito; nenhum sistema operacional o é. Mas, dado os problemas que o Windows acarreta, penso que o mundo seria muito diferente sem ele. Pode até ser um pensamento ousado, mas acredito que, se em vez do SO da Microsoft tivéssemos o Linux como a plataforma mais popular, o universo da tecnologia seria muito diferente do que é hoje; para melhor.

Categorias:Aplicativos, Linux
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: