Versão 3.0 Release Candidate do Linux é liberada

30 de maio de 2011 Deixe um comentário

Novo kernel, batizado de Sneaky Weasel, adota o número 3 para celebrar a entrada na terceira década de existência da plataforma

Recentemente vazaram boatos de que Linus Torvalds, o criador do Linux, estava considerando lançar a próxima versão do sistema operacional de código aberto como 3.0. Agora, segundo o site Conceivably Tech, é oficial: o próximo kernel receberá o número de versão 3.0.

De acordo com o veículo, Torvalds postou a atualização 3.0 Release Candidate (RC) no site kernel.org e explicou que a adoção do número 3 foi feita para celebrar a entrada na sua terceira década de existência. Torvalds anunciou o Linux no dia 26 de agosto de 1991 e a versão 2 do Kernel foi lançada em 1996.

Segundo o site H-Online, o novo kernel foi batizado de “Sneaky Weasel” e terá vários novos recursos, incluindo um suporte para Kinect, driver de gráficos atualizados e otimização para plataformas da Intel como Sandy Bridge e Ivy Bridge. Outra característica da nova versão será o sistema de arquivos Btrfs, que continua recebendo melhorias. “Claro que nós tivemos os habituais dois terços de mudanças no driver e algumas correções, mas o 3.0 não tem nenhuma ruptura ou função nova”, explicou o criador.

Para ter acesso à nova versão, clique aqui.

Categorias:Linux

Apple assume vírus em Mac e promete atualização para eliminar malware

26 de maio de 2011 Deixe um comentário

A Apple prometeu, nesta terça-feira (24/5), liberar, em breve, uma atualização do Mac OS X para eliminar o malware que carrega um falso programa de segurança, apelidado de Mac Defender, assim como suas variações (Mac Security, Mac Protector e Mac Guard).

Além do anúncio da atualização, a Apple também divulgou os passos adequados para que os usuários infectados se livrem do malware. “A atualização também ajudará a proteger os usuários, exibindo um aviso explícito se eles baixarem esse malware”, dizia o comunicado.

Este tipo de malware, conhecido como “scareware” ou “rogueware”, tentam convencer usuários a baixar programas maliciosos, prometendo ajudar na segurança do computador. O Mac Defender foi o primeiro malware direcionado para Macs e esta foi a primeira vez que a empresa reconheceu publicamente uma ameaça.

Categorias:Uncategorized Tags:, ,

NOD 32 Antivirus para Linux

25 de maio de 2011 Deixe um comentário

ESET, provedora global de soluções anti-malware de última geração, anuncia o lançamento de sua solução ESET NOD32 Antivirus 4.0 para Linux, nas versõesBusiness Home Edition, desenvolvidas respectivamente para computadores corporativos e pessoais.

ESET NOD32 Antivirus para Linux utiliza a tecnologia do premiado motor ThreatSense da ESET para oferecer aos usuários uma proteção avançada contra ameaças de segurança, com impacto mínimo no desempenho do sistema.

“Devido à crescente utilização do Linux por consumidores e empresas, é essencial fornecer aos usuários soluções de segurança avançadas para proteger sua plataforma contra ataques”, diz Richard Marko, CEO do ESET. “Com o ESET NOD32 Antivirus para Linux, a proteção da ESET se estende a todos os principais sistemas operacionais, garantindo assim uma proteção atualizada contra as ameaças direcionadas a Linux,Windows ou Mac OS“, comenta.

O ESET NOD32 Antivirus 4 para Linux fornece proteção abrangente contra ameaças multi-plataforma, mesmo que ainda não catalogadas. Seu motor de varredura automaticamente detecta e limpa malwares, incluindo ameaças projetadas para sistemas operacionais Windows e Mac.

O ESET NOD32 Antivirus 4 Business Edition para Linux Desktop inclui o ESET Remote Administrator, que fornece aos administradores um painel de gerenciamento para controlar uma rede inteira de até milhares de computadores a partir de um ponto central. Com essa nova adição à sua linha de produtos, a ESET passa a oferecer a mais avançada proteção a 100 milhões de usuários de Linux, Windows e Mac em todo o mundo.

Entre as principais características do ESET NOD32 Antivirus para Linux são:

  • Detecção Inteligente e plataforma de proteção pró-ativa: A avançada tecnologia heurística fornece em tempo real proteção proativa contra malware, hackers e explorações dirigidas a Linux, Windows e Mac.
  • Baixo impacto no desempenho do sistema: A exclusiva arquitetura do ESET NOD32 Antivirus 4 Business Edition para sistemas Linux foi otimizada para se ajustar perfeitamente ao ambiente do sistema.
  • Interface gráfica do usuário: A interface gráfica do usuário oferece acesso a recursos opcionais, incluindo modo de tela cheia, gráficos informativos, estatísticas e agenda de eventos.
  • As configurações de segurança do controle: Definir quais contas de usuários têm a possibilidade de alterar as configurações para que usuários não autorizados não sejam capazes de desativar ou reduzir a proteção.
  • Gerenciamento simplificado: Fácil gerenciamento e monitoramento de segurança de rede em todas as plataformas que podem realizar tarefas e atualizações e aplicar políticas de segurança de um único console.
  • Controle de mídia removível: Analisa e controla o uso de dispositivos USB, FireWire, CD / DVD para minimizar o risco de infecção ou perda de dados.

A versão para testes do NOD32 Antivirus para Linux pode ser baixada aqui.

Categorias:Linux, Uncategorized Tags:,

Mudanças de aplicativos no Ubuntu 11.10: Adeus ao Mantenedor do sistema, boas vindas ao Deja Dup

20 de maio de 2011 Deixe um comentário

A ferramenta de backup Deja Dup está confirmada na linha de aplicativos. Já o Mozilla Thunderbird tem sido muito cogitado para inclusão, porém dependerá do espaço disponível no CD, bem como da resolução de outros problemas até outubro. Também foi cogitado um aplicativo para visualizar informações de hardware mais úteis ao usuário.

Mais na fonte: http://www.tiagohillebrandt.et[…]e-aplicativos-no-ubuntu-11-10/

Categorias:Linux, Uncategorized

Kernel 2.6.39 é lançado

20 de maio de 2011 Deixe um comentário

Linus Torvalds anunciou a disponibilidade do kernel 2.6.39, apesar dele estar em incerto se um outro RC teria sido uma opção melhor. “Entretanto, já que estarei na LinuxCon Japão em duas semanas, a escolha pra mim acabou sendo se eu deveria simplesmente lançar, ou arrastar por mais 3 semanas, ou ter uma janela de merge realmente bagunçada com um espaço no meio”. Novidades proeminentes neste lançamento incluem o IPset, o subsistema de controle de mídia, um par de novos escalonadores de fluxo de rede, a tão esperada remoção do “big kernel lock” e mais.

Categorias:Linux

Os Vírus e o Linux

19 de maio de 2011 Deixe um comentário

Os vírus e o Linux

Os vírus são programas mal intencionados que fazem algo em sua máquina que você não gostaria que fizessem, sem seu conhecimento ou permissão. Após o vírus ser ativado, ele infectará outros arquivos/programas.A plataforma UNIX não é muito vulnerável a vírus, que são muito comuns nas demais plataformas como Windows (3.1, 95, 98, ME, XP, Vista e 7) e Macintosh, pois eles não trabalham com múltiplos usuários nem permissão de arquivos.

Linux tem definições claras sobre permissões de arquivos, usuários, grupos. Nele, um vírus pode afetar apenas o usuário que executou o programa, ao contrário de plataformas como o Windows, onde o que estiver sendo executado tem controle total sobre a máquina. Isso faz com que seja, na melhor das hipóteses, difícil o desenvolvimento de vírus pra Linux.

Então já existe vírus pra Linux?

Alguns vírus de teste de conceito foram criados, porém, eles são propagados apenas se forem executados como root e não podem se espalhar remotamente, apenas infectar outros arquivos binários na própria máquina (ou disponíveis através do NFS). É possível que sejam desenvolvidos vírus para plataforma Unix, mas até hoje, não há nenhum.

Mas então, qual a função dos anti-vírus pra Linux?

Há anti-vírus que rodam no Linux e você deve ouvir falar neles de vez em quando. Na verdade, esses programas permitem que uma máquina Linux procure vírus de computadores pessoais, máquinas Macintosh, etc, e não propriamente vírus para Linux. Esses anti-vírus são muito utilizados quando o Linux está rodando como servidor de email ou arquivos, permitindo que sejam pesquisadas todas as mensagens que forem recebidas, por exemplo.

Para evitar problemas, evite trabalhar como “root”, e nem pense em entrar na net como tal.

Abraços

Categorias:Linux Tags:

Como resetar o Unity e trazê-lo às configurações originais.

11 de maio de 2011 Deixe um comentário

Ubuntu 11.04 Natty Narwhal veio com a nova interface Unity, que promete trazer uma experiência única ao usuário da distribuição. Com o fator novidade, é normal mexermos demais na interface, o que pode desconfigurar o Unity e trazer alguns problemas de utilização. Se isso aconteceu com você, siga a nossa dica para resetar as configurações para o padrão de fábrica do Unity.

Passo 1. Abra uma janela do terminal, clicando no menu Ubuntu, e digite: terminal

Passo 2. Restaure as configurações originais do Unity com o comando: unity –reset

Passo 3. Restaure os ícones da barra lateral do Ubuntu, também conhecida como Dock, com o comando: unity –reset-icons

Passo 4. Se você está tendo problemas com os recursos gráficos 3D do Compiz, restaure as configurações com: gconftool-2 –recursive-unset /apps/compiz-1

Depois, dê novamente o comando: unity –reset

Pronto! Seu Unity está funcionando com as configurações de fábrica.

Categorias:Aplicativos, Linux Tags:,