Arquivo

Posts Tagged ‘Ferramentas de Comunicação’

Entenda como funciona a nova ferramenta de busca Google Social Search

28 de outubro de 2009 Deixe um comentário

O usuário deve fornecer informações básicas para que o buscador construa a rede a partir da qual a pesquisa é realizada.

O Google está agregando dados personalizados de redes sociais dentro dos resultados de buscas com a nova ferramenta Google Social Search, lançada em modo experimental na segunda-feira (26/10). A ferramenta adiciona o conteúdo de seus contatos dentro de suas pesquisas no Google.

Ao contrário da pesquisa do Microsoft Bing baseada nas buscas do Twitter, o Google Social Search utiliza a lista de contatos do próprio usuário para acessar vários serviços sociais e assim construir uma rede com informações específicas de pessoas que  o usuário conhece. A ferramenta do Google inclui o Twitter e ainda agrega dados do FriendFeed, histórias compartilhadas no Google Reader e outros conteúdos sociais na web.

Como usar o Google Social Search
Atualmente, o Google Social Search está restrito aos serviços do Google Labs. Portanto, ainda não está ativado para todos os usuários. Para utilizá-lo, acesse a página inicial do Google e clique em login (no canto superior direito).. Depis, visite a página do Google Experimental Labs e clique no botão “join the experiment” ao lado da ferramenta.

Feito isso, acesse  novamente a página inicial do Google (de preferência a página em inglês) e faça uma busca por um de seus contatos. Imediatamente você verá as informações sociais desta pessoa no final da página dos resultados de busca.

Se preferir, clique na opção “Show Options” no canto superior esquerdo da página – ou clique no link “Results from people in your social circle” no final da página – para filtrar os resultados e ver apenas as informações sociais.

Por dentro do Google Social Search
Mas de onde o Google retira toda essa informação? A resposta não surpreende: do próprio Google. E  a principal  fonte  para a  montagem deste contexto social se dá a partir do Google Profile.

É uma página simples de criar, onde você insere informações sobre você e permite que o programa adicione links de outros perfis sociais seus como Twitter, Blog pessoal, FriendFeed, Facebook etc.

Deve-se criar este perfil e adicionar os links manualmente para que o Google possa construir sua própria “rede social”. Além disso, de acordo com o engenheiro do Google Matt Cutts, o usuário está autoriando o buscador a associar tais informações ao seu nome, dentro das buscas sociais de outros usuários.

“Uma vez que você criou um Google Profile e adicionou links a seus vários serviços de redes sociais, você confirma estar confortável em compartilhar com o mundo tais informações”, explica Cutts. “E baseando-se nessa autorização, o Google inicia a construção do seu círculo social.”

Além das conexões em seu Google Profile, o Google Social Search utiliza dados compartilhados pelos seus contatos no Google Chat e dentro de sua conta no Google Reader para construir os resultados.

A ferramenta também irá exibir informações sociais compartilhadas com os amigos de seus amigos, incluindo esses dados em seus resultados de busca. Todos os conteúdos indexados são compartilhados publicamente, e sempre que quiser você tem a opção de remover qualquer serviço de seu Google Profile.

Fonte: pcworld

Mudanças na interface do Orkut serão anunciadas na quinta (29/10)

28 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Em projeto há meses pelo centro de desenvolvimento mineiro, mudanças na rede social mais popular do Brasil finalmente acontecerão.

O Google Brasil apresenta, nesta quinta-feira (29/10), mudanças na interface da rede social Orkut que vêm sendo preparadas pelo seu centro de desenvolvimento em Belo Horizonte (MG) há pelo menos três meses.

Em convite à imprensa, divulgado hoje, o Google informa que estarão presentes o diretor geral para Brasil, Alex Dias, o diretor de engenharia para América Latina, Berthier Ribeiro, e o diretor de produto para América Latina, Victor Ribeiro.

A reformulação visual estaria sob a responsabilidade de Victor Ribeiro, segundo fontes de mercado ouvidas pelo IDG Now!.

Assim como detalhado na reportagem que discute a potencial ameaça que o Facebook exerce sobre a rede do Google no Brasil, a reformulação do Orkut estava planejada para outubro.

Há duas semanas, o Google Brasil teria vazado inadvertidamente a novo visual do Orkut na página para download da versão em português do navegador Chrome.

novainterface_orkut

A suposta nova interface, em registro do blog Google Discovery, traz uma nova barra superior com links para outros serviços da empresa, oferece cinco cores para o perfil e permite comentários nos status publicados pelo usuário, como o rival Facebook.

Na ocasião, o Google Brasil não confirmou se a imagem correspondia à reformulação visual. A reprodução foi tirada da página de download do Chrome em português.

Segundo dados da consultoria Ibope Nielsen Online, o Orkut foi acesso em setembro por 26 milhões de brasileiros, o que o torna  a rede social mais popular do Brasil, com ampla folga.

O segundo serviço mais acessado no período, segundo os dados da consultoria, foi o Twitter, que atingiu 9,2 milhões de brasileiros. O Facebook aparece na terceira posição, com 5,3 milhões de usuários no País.

VOIP Como a voz viaja pela internet ?

13 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Entenda como funciona a nova mania dos usuários de internet, que estão cada vez mais substituindo o telefone convencional pelo VoIP.

É cada vez mais frequente utilizar a internet para, literalmente, conversar com outras pessoas, graças a popularização da banda larga. O dinamismo e praticidade desse novo – que já não é tão novo assim – meio de comunicação, conquista mais e mais usuários a cada dia. Basta um computador conectado a internet, um headset (aquele microfone com fone de ouvido), um software instalado no PC e pronto! A conversa é realizada em tempo real, com qualidade de linha telefônica convencional.

Essa tecnologia tem um nome, VoIP, que significa voz sobre IP (Internet Protocol) e é ela quem permite a conversa pela internet, transformando os sinais analógicos de voz em um conjunto de dados digitais para transmissão. O computador receptor transforma esse pacote de informações digitais em informações de voz novamente. Tudo isso em fração de segundos.

Encontramos vários programas que utilizam essa tecnologia como o Skype, Gtalk e o MSN Messenger. Com aplicativos desta natureza instalados no computador, o usuário pode fazer ligações para outras pessoas que também tenham instalado um software compatível, sem qualquer custo adicional – como este software tem ‘cara de telefone’, é chamado também de Softphone (mistura de software e telefone).

Existem ainda as opções de fazer ligações com VoIP de computador para telefones fixos ou celulares, ou de telefone para telefone.

Na ligação de computador para telefone, a conexão sai do PC, passa pela internet até o servidor e através de um gateway (conversor de sinal que converte os dados e já os entrega à operadora de telefonia convencional), os dados são transformados em voz e encaminhados para o número chamado. Nesse caso, há a tarifação do serviço prestado pela operadora do gateway, mas mesmo assim, os valores são muito menores quando comparados às operadoras tradicionais.

A outra forma de fazer ligações é de telefone para telefone. É necessário que o usuário possua um gateway VoIP, ou ATA – adaptador de telefone analógico –, para fazer a ponte entre o aparelho telefônico comum e a internet, e também, que contrate os serviços de uma empresa VoIP. Tanto o Softphone quanto o ATA possuem a mesma função, ou seja, fazer com que a voz seja transformada num formato que possa trafegar pela internet.

Diferenças

Na telefonia convencional, os aparelhos telefônicos são rigidamente conectados através de fios de cobre que os interligam às centrais telefônicas locais. Estas centrais, por sua vez, são interligadas a outras semelhantes a ela e que formam, assim, uma Rede de Comutação Telefônica. Pela interligação de diversas redes de Comutação, através de sistemas de transmissão, interlocutores são conectados quando o originador da chamada tecla no aparelho telefônico o número do telefone do destino que ele deseja chamar. Uma vez que a ligação seja completada, todo o caminho necessário para conectar os dois interlocutores será dedicado aos mesmos.

Já na telefonia IP, o meio que conecta os interlocutores é a internet, que é um meio compartilhado por diversos outros serviços. Por trafegarem tantas outras coisas e também por não priorizar nenhuma delas, não há a garantia que sempre haverá um meio ideal para trafegar a voz. Dessa forma, se existir no caminho da informação de voz (os chamados pacotes) algo que introduza atrasos ou perdas, certamente fará com que a comunicação perca qualidade.

“A principal vantagem da telefonia IP em relação à telefonia convencional, é a facilidade com que novos serviços e funcionalidades lhe são acrescidos – trazendo aos usuários um significativo ganho de produtividade. As vantagens associadas a menores custos de implantação e manutenção das infraestruturas fazem com que os serviços oferecidos pelas operadoras possuam valores muito atrativos aos usuários finais”, informa José Marcelo Fontanesi Gomes, diretor de tecnologia da Voitel – empresa de comunicação multimídia que oferece esse serviço através do seu V-Phone.

Voz robotizada

São diversos os fatores que contribuem para que em alguns casos, a voz pareça “robotizada” e ocorram falhas. Apesar de a internet ser um meio altamente interessante do ponto de vista da telefonia IP, ela não foi construída para essa finalidade. Por ela trafegam vários outros serviços além do VoIP, tais como acessos WWW, trocas de arquivos, trocas de vídeo, etc. A comunicação por voz precisa ser realizada em tempo real, não pode haver perdas nas informações.

Congestionamento – O congestionamento da rede internet geralmente resulta em perda de pacotes. Ele está interligado com a velocidade de banda que você disponibiliza para trafegar os seus pacotes de voz até o destino.

Perda de pacotes – A perda de pacotes é um fator crítico que implica diretamente na qualidade da comunicação (efeito popularmente conhecido como causador da ‘metalização’). Considerando que o VoIP é um serviço de áudio que ocorre em tempo real, não existe uma forma de recuperação dos pacotes que forem perdidos na rede durante o seu transporte.

Latência ou Jitter – É definido como sendo a diferença de tempo entre o instante em que um dos interlocutores fala e o outro escuta. A composição desse tempo é primordialmente uma soma dos tempos em que a voz demora a ser digitalizada, empacotada, enviada através da rede de transporte, reconvertida para áudio e ser escutada pelo interlocutor de destino. Por isso pode ocorrer problemas como atrasos de voz, ou pequenos cortes na ligação, gerando uma voz picotada e difícil de entender.

Twitter o Que é ?

9 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Twitter é uma rede social e servidor para microblogging que permite aos usuários que enviem e leiam atualizações pessoais de outros contatos (em textos de até 140 caracteres, conhecidos como “tweets”), através da própria Web, por SMS e por softwares específicos instalados em dispositivos portateis como o Twitterberry desenvolvido para o Blackberry.

As atualizações são exibidas no perfil do usuário em tempo real e também enviadas a outros usuários que tenham assinado para recebê-las. Usuários podem receber atualizações de um perfil através do site oficial, RSS, SMS ou programa especializado. O serviço é grátis na internet, mas usando SMS pode ocorrer cobrança da operadora telefônica.

Desde sua criação em 2006 por Jack Dorsey, o Twitter ganhou extensa notabilidade e popularidade por todo mundo. Algumas vezes é descrito como o “SMS da Internet”.

A estimativa do número de usuários varia, pois a empresa não informa o número de contas ativas. Em novembro de 2008, Jeremiah Owyang estimou que o Twitter tenha de 4 a 5 milhões de usuários.[3] Em maio de 2009, um estudo analisou mais de 11 milhões e meio de contas de usuários.

Em Fevereiro de 2009 o blog “Compete.com” elegeu o Twitter em terceiro lugar como rede social mais usada (Facebook em primeiro lugar, seguido do MySpace).

Devido ao sucesso do Twitter, um grande número de sites parecidos foram lançados ao redor do mundo. Alguns oferecem o serviço para um país específico, outros unem outras funções, como compartilhamento de arquivos que era oferecido pelo Pownce.

Um estudo da Universidade de Harvard concluiu que apenas 10% dos usuários produzem 90% do conteúdo.[6]

Índice

  • 1 Usos e manifestações sociais
  • 2 Publicidade
  • 3 Perfil do usuário brasileiro
  • 4 Críticas ao Twitter
  • 5 Referências
  • 6 Ver também
  • 7 Ligações externas

Usos e manifestações sociais

Em março de 2009, o Twitter foi uma das principais ferramentas de divulgação do Pillow Fight Day – uma guerra pública de travesseiros acontecida em várias cidades do mundo. São Paulo, Brasília, Santos, Fortaleza, Araraquara, Belém, Belo Horizonte, Bragança Paulista, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Guarulhos, Manaus, Natal, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Recife, Ribeirão Preto, Salvador, Santa Maria, São João Del Rei, São Luís, Sorocaba, Uberlândia e Vitória foram algumas cidades brasileiras em que houve a manifestação. Adquiriu destaque na mídia o uso do Twitter durante as manifestações ocorridas na Moldávia no início de 2009, em que os jovens organizaram-se por meio dessa ferramenta da web 2.0. A ferramenta também esteve presente no debate político e na movimentação da oposição durante as eleições presidenciais no Irã em 2009.

Publicidade

O Twitter também tem sido constantemente utilizado por grandes empresas para a divulgação de suas marcas, através de constantes atualizações, sempre ligando o “consumidor” a uma página onde possa encontrar mais informações sobre o serviço ou produto oferecido. Além disso, o Twitter tem se mostrado um ótimo instrumento para o fortalecimento das marcas no ambiente virtual, pois agrega seguidores que recebem as atualizações enviadas pelas empresas, porém ainda é uma ferramenta que deve ser melhor explorada para esse fim.

No artigo publicado em 14 de abril de 2009, no The New York Times, a jornalista Claire Cain Miller afirmou que a utilidade mais produtiva do Twitter tem sido para aquelas empresas que desejam ouvir os clientes e oferecer reações imediatas às opiniões deles. A Dell, por exemplo, percebeu que os clientes estavam reclamando de que o apóstrofo e as teclas de retorno estavam próximas demais no laptop Dell Mini 9. O problema foi reparado. Na Starbucks, os clientes costumavam reclamar deixando notas em uma caixa de sugestões. Agora, eles podem também enviar a reclamações ou sugestões via Twitter.

No Brasil, o destaque da mídia para ações publicitárias no Twitter tem sido para a venda de um apartamento realizada pela construtora Tecnisa. O perfil da empresa no Twitter foi criado em 20 de fevereiro de 2008, mas, somente em 13 de julho de 2008, começou a ser utilizado para uma divulgação. Tratava-se do lançamento do Acquaplay, em Santos.

Em 23 de fevereiro de 2009, Romeo Bussarello, diretor de Marketing da empresa chegou a afirmar: “usamos para comunicar lançamentos e novidades (…) Tenho consciênciade que não vou vender um apartamento via Twitter.” Porém, cerca de 4 meses depois, a construtora concluiu a primeira venda por meio do Twitter. A promoção realizada na rede social oferecia R$2.000,00 em vale-compras, além de armários e cozinhas planejados, somente para as compras geradas por meio desta forma de contato. A oferta levou o consumidor a efetivar a compra de uma unidade de três suítes no empreendimento Verana, localizado no Alto da Lapa, em São Paulo, ao custo de R$ 500 mil.“Provavelmente este é o produto mais caro vendido pelo Twitter no mundo. E, com certeza, é a primeira venda concretizada por uma empresa do segmento da construção civil, utilizando redes sociais. Esta conquista inédita fortalece nossa estratégia de divulgação on-line dos imóveis. Afinal, conseguimos um excelente resultado com um baixo investimento”, afirmou Busarello.

Recentemente foi divulgado que o Twitter, o Google e a Microsoft podem entrar em um acordo para que os twitters postados diariamente pelos milhões de usuários da rede social, apareçam nos resultados dos buscadores, tanto do Google, quanto da Microsoft, no caso o Bing. O Yahoo também pode vir a fazer parte desse acordo. O Twitter receberia uma quantidade em dinheiro em troca, porém a notícia ainda não foi confirmada oficialmente.

Perfil do usuário brasileiro

De acordo com uma pesquisa realizada pela agência Bullet, a maioria (61%) dos usuários do Twitter no Brasil é composta por homens na faixa de 21 a 30 anos, solteiros, localizados nos estados São Paulo e Rio de Janeiro. Na maior parte, são pessoas com ensino superior completo e renda mensal compreendida entre R$ 1001 e R$ 5000.

Ainda segundo a pesquisa, esse público gasta cerca de 50h semanais conectados à internet. Cerca de 60% dele é considerado formadores de opinião: possuem um blog; conhecem a ferramenta através de amigos ou posts em outros blogs.

Sobre o uso da ferramenta por empresas, a pesquisa informa um cenário muito favorável. A maioria (51%) dos usuários consultados disseram achar interessantes os perfis corporativos, desde que sejam utilizados com relevância. Aproximadamente 50% dos usuários nunca participaram de ações promocionais. Ainda assim, consideram uma experiência interessante. Cerca de 30% já participaram de alguma ação publicitária e 70% seguem ou já seguiram algum perfil corporativo. Na pesquisa, foram consultados 3268 brasileiros por meio do site da Bullet e o Migre Me, no período de 27 a 29 de abril de 2009.

Críticas ao Twitter

Algumas empresas mundiais e brasileiras estão proibindo o uso do twitter, pois a limitação de 140 caracteres é supostamente prejudicial para um jornalismo e qualidade. Alem disso, o escritor, roteirista, jornalista, dramaturgo e prêmio Nobel de Literatura José Saramago fez uma dura crítica ao twitter dizendo: “Os tais 140 caracteres reflectem algo que já conhecíamos: a tendência para o monossílabo como forma de comunicação. De degrau em degrau, vamos descendo até o grunhido.

Caso queira me Seguir No Twitter e http://twitter.com/jmsalles

Referencia Wikipedia

Twitter negocia sua captura de dados com Google e Microsoft

8 de outubro de 2009 Deixe um comentário

O serviço de microblogs Twitter está em processo avançado de negociação com Google e Microsoft sobre o possível licenciamento de seus mecanismos de captura de dados para os buscadores de ambas as empresas, afirmou nesta quinta-feira (8) um blog ligado ao jornal “The Wall Street Journal”.

As negociações do Twitter com Microsoft e Google estão ocorrendo separadamente, e podem significar que as empresas incorporem as mensagens de 140 caracteres do site, ou “tweets”, nos resultados de pesquisas em seus buscadores.

A capacidade de selecionar mensagens dentre os milhões de “tweets” no mesmo tempo em que são postadas, algo conhecido como busca em tempo real, vem ganhando popularidade por ser uma ferramenta importante para fazer buscas na internet por informações de último minuto sobre as mais recentes notícias e acontecimentos.

O blog AllThingsDigital citou fontes não identificadas que disseram que as empresas estão discutindo diversos tipos diferentes de acordos.

Entre os detalhes, estariam o pagamento de diversos milhões de dólares ao Twitter e muitos outros tipos de compartilhamento de receita, para deixar que o Twitter possa se beneficiar do faturamento que Microsoft e Google terão graças aos resultados de pesquisas.

O Twitter é um dos serviços de mídia social na internet que mais cresce no momento, apesar de panes recentes, inclusive nesta quinta-feira (8).

Mas a empresa ainda não começou a gerar um valor significativo de receita com o serviço, que é gratuito para os usuários.

Não foi possível localizar representantes do Twitter para falar sobre o assunto. Já Google e Microsoft não quiseram comentar as informações.

Conexão Vivo Animações está com inscrições abertas

8 de outubro de 2009 Deixe um comentário

Estão abertas as inscrições do Conexão Vivo Animações – uma iniciativa da Vivo de estímulo à produção de obras audiovisuais de animação. Para se inscrever, os candidatos devem criar um perfil no portal do Conexão Vivo e postar duas obras de animação com duração mínima de 30” (trinta segundos) até 25 de outubro. As obras não precisam ser inéditas e já podem ter participado de outros editais, festivais e premiações, mas tem de ser obrigatoriamente de autoria ou co-autoria do candidato. Somente será permitida uma inscrição por perfil/grupo.

A avaliação e seleção das obras passarão pelo crivo de uma comissão formada por um Júri Especializado, composto por Carlos Merigo e Bruna Calheiros, editores do Smelly Cat, blog nacional especializado em cinema de animação, e pelo Júri Conexão, formado pelos músicos/bandas classificados do Conexão Vivo. Serão premiados os trabalhos que mais se destacarem por sua inovação e criatividade. O valor total das premiações será de R$ 103.000,00 (cento e três mil reais).

Cada um dos 12 animadores selecionados receberá um subsídio para a produção do videoclipe de animação definido de acordo com a duração da faixa musical que irá trabalhar. Além do subsídio à produção, os videoclipes ainda serão avaliados pela Associação Brasileira de Cinema de Animação – ABCA – que premiará os três melhores videoclipes produzidos. O público também premiará a melhor animação por meio de votação popular a ser realizada pelo portal do Conexão Vivo. Os prêmios são todos cumulativos.

Para saber mais sobre o Conexão Vivo, acesse o portal http://www.conexaovivo.com.br.

Google , Gmail sua conta pode estar em risco

6 de outubro de 2009 1 comentário
A empresa de internet Google confirmou que sua ferramenta de webmail – o Gmail – foi alvo de “um esquema de phishing que está atingindo toda a indústria”.A BBC teve acesso a duas listas colocadas na internet com os detalhes de mais de 30 mil nomes de usuários do Gmail e suas senhas.

“Nós recentemente percebemos um esquema de phishing geral, através do qual hackers obtêm informações que dão acesso a contas de e-mail baseadas na internet (webmail), inclusive as do Gmail”, disse à BBC um porta-voz da empresa.

“Assim que soubemos do ataque, obrigamos os usuários das contas afetadas a criarem novas senhas. E vamos fazer isso com outras contas cada vez que soubermos de novas tentativas.”

Hotmail

“Phishing” é o termo utilizado para caracterizar a prática de usar site e endereços falsos para tentar fazer as pessoas revelarem informações como seus dados bancários ou nome de usuário de contas na internet.

O Google afirmou que o esquema “não foi uma violação da segurança do Gmail”, mas sim uma tentativa de “fazer os usuários passarem seus dados pessoais a hackers”.

O esquema inicialmente tinha como objetivo atingir apenas usuários do Hotmail, da Microsoft, um dos principais concorrentes do Gmail.

Mais de 10 mil endereços do Hotmail acabaram sendo publicados no site Pastebin, bastante utilizados por profissionais que desenvolvem sites para compartilhar códigos.

Mas uma segunda lista de 20 mil nomes surgiu contendo e-mails e senhas de outros serviços, como o Yahoo, a AOL e o Gmail.

Algumas das contas de email parecem ser velhas, falsas ou apenas não utilizadas. Mas a BBC confirmou que muitas são genuínas.

Ainda não se sabe se a nova lista faz parte do mesmo ataque de phishing que atingiu o Hotmail ou se consiste em outro esquema.

Mesmo assim, especialistas recomendam que os usuários mudem suas senhas assim que possível.

“O ideal é que as pessoas utilizam senhas diferentes para cada site”, disse à BBC Graham Cluley, especialista em segurança da Sophos.

Segundo ele, cerca de 40% dos internautas usam a mesma senha para todos os sites em que se registram.